restaurar

Recife, Cidade Lendária

Chico Buarque

Eu ando pelo Recife, noites sem fim percorro bairros distantes sempre a escutar Luanda, Luanda onde estás É a alma de prêto a penar Recife, cidade lendária de prêtas de engenho cheirando a banguê Recife de velhos sobrados compridos, escuros faz gosto se vê Recife teus lindos jardins recebem a brisa que vem do alto mar Recife, teu céu tão bonito tem noites de lua pra gente cantar Recife de cantandores vivendo da glória em pleno terreiro Recife dos maracatús dos tempos distante de Pedro I Responde ao que vou perguntar que é feito de teus lampiões Onde outrora os boêmios cantavam suas lindas canções.

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.